Empurrado pela torcida, Marcílio Dias vence a Chapecoense

Diante de quase 6 mil torcedores, o Marcílio Dias fez 2 a 0 na Chapecoense neste domingo pelo Campeonato Catarinense.

Embalado pela presença de quase 6 mil torcedores no Estádio Dr. Hercílio Luz, em Itajaí, o Marcílio Dias venceu a Chapecoense por 2 a 0 neste domingo (24) e manteve a boa fase no Campeonato Catarinense. Com o resultado, o Rubro-Anil chegou a 17 pontos na tabela de classificação, abrindo vantagem no G-4 do Estadual, quatro pontos à frente do Brusque.

A vitória começou a ser construída ainda no primeiro tempo. Aos 35 minutos, Jean Dias recebeu passe pelo lado direito da grande área e cruzou em direção à marca do pênalti. Lá estava Juninho Tardelli que, sozinho, sem marcação, bateu forte para estufar a meta defendida por João Ricardo.

A partir daí o jogo ficou morno. A Chapecoense, que havia até colocado uma bola no travessão com Márcio Araújo, aos nove minutos, não conseguia criar jogadas, enquanto o Marcílio se defendia. O calor no Gigantão das Avenidas também foi crucial para esfriar os ânimos das duas equipes.

E quem achou que o segundo tempo poderia começar mais animado, com o Verdão do Oeste catarinense indo para cima com o objetivo do embate, se enganou. O jogo demorou para pegar no tranco. Somente aos 15 minutos uma jogada mais incisiva foi criada. Welington Melo bateu forte e João Ricardo salvou o time do técnico Claudinei Oliveira mais uma vez.

Logo em seguida foi a vez da Chapecoense voltar a criar. Aos 17, Yann Rolim recebeu de frente para a meta de Tom e arriscou. A bola passou raspando a trave.

A partir daí os visitantes tomaram conta do jogo à procura do empate. Aos 47 do segundo tempo, Perotti cabeceou no canto. Mas a tarde de domingo era Rubro-Anil, e Tom se esticou todo para fazer a defesa que garantiu a vantagem para o Marcílio Dias no placar.

O ponto final do jogo veio aos 49. Em um contra-ataque preciso, Luanderson lançou para Welington Melo. Ele dominou, avançou e bateu entre as pernas de João Ricardo para confirmar o 2 a 0 e a vitória marcilista no Gigantão.

Times têm jogos atrasados

Tanto Marcílio Dias quanto Chapecoense têm jogos atrasados ainda a cumprir pelo Campeonato Catarinense, ambos pela 9ª rodada.

O Marinheiro vai enfrentar o líder Figueirense novamente diante do torcedor, mas o jogo entre os dois times é apenas no dia 6 de março. Antes, o Rubro-Anil encara o Criciúma, no sábado (2), às 17h, no Sul do Estado.

A Chapecoense também tem partida difícil e viaja até Florianópolis para enfrentar o Avaí, às 19h30min de quarta-feira (27). Também no próximo sábado, o Verdão recebe o Metropolitano, na Arena Condá.

Fonte: NSC Total

Comentários

comentários